Quantas vezes você se deparou com a pergunta: essa garota tá afim de pegação ou ta sendo somente simpática demais?

provocacão-mulher-provocante-sensual

É meu amigo, a linha que divide a verdade é tão fina que a maioria de nós homens acaba as vezes metendo os pés pelas mãos.

Esse negócio de ser super simpática, falar de mil coisas e ficar encostando em nós sempre abriu aquela expectativa.Mesmo assim, com mil sinais inconfundíveis, a gente chega junto e na hora da verdade, ouvimos o “nossa eu só estava sendo legal” ou “não, você entendeu errado”.

A mulherada realmente não sabe o que quer e, nessa indecisão, a gente dá uma forcinha pra ajudar. Afinal, quem acaba se ferrando nesse charminho “inocente” somos nós.

Aquela companheira de trabalho

Ela vem na sua mesa, apoia os dois braços, empina a bunda e quer saber mais sobre aquele relatório que é só pra outra semana.

Ela faz piadas de sexo, te dá beijinho quando chega na empresa e você, todo animado, fica naquela expectativa do próximo happy hour pra levar ela pra casa. Até aí tudo bem, certo? ERRADO. Ela não está afim de você, só está fazendo a parte dela dentro do trabalho e até acha um absurdo você pensar isso dela.

Conclusão: Mulheres, se você não está interessada no seu colega de trabalho, pare de ficar melando. Essas bandeiradas para nós, bons ogros, funcionam como aquela indireta safada de que algo pode rolar.

E a vendedora da loja?

Você mal entrou pra comprar uma camisa e ela já colou junto. Perguntou o que precisava e até chutou o número que você usa, dando uma leve elogiada no seu porte físico. Foi buscar umas camisas e insistiu que duas ou três destacam os seus olhos e que aquela preta vai ficar linda na noite. Sempre com aquele sorriso e jeitinho malicioso, ela encara até na hora de pagar e você só está aguardando aquela deixa pra cair em cima. Tranquilo? Claro que não. Ela só está fazendo o papel de uma boa vendedora que faz joguinhos pra vender mais e levar a comissão pra casa (não você).
Conclusão: Garotas, vocês podem até mirar no dinheiro na hora das vendas, mas se não tiverem interesse, mantenham os elogios no básico. Nada de sair dando abraço e beijinho. Se quisermos pagar pra ganhar elogio (e outras cocitas mais), vocês já sabem pra onde vamos.

Na balada

Ela fica olhando e você sempre passa o olha por ela, dando aquelas leve encaradas que você vai levar em conta na hora de chegar. Uma vez apresentado, você começa um papo descontraído e tudo vai se encaixando, vocês combinam e o próximo passo é aquela conversa no ouvido pra colar o rosto. Fantástico, não é? Não, não é não. Ela tem namorado e “achou” que você só tinha se aproximado para fazer amizade. Ela quer ser sua amiga, cara, como você pode ter achado outra coisa?
Conclusão: Ser amiga? Conversar? Embora algumas vezes um bom papo pode ser uma coisa descontraída, essas pistas deixadas por vocês mulheres só serve pra atrapalhar o andamento da relação. Se quer fazer amizade, entra no chat da UOL e pergunta se “alguém quer teclar”. Aqui mora a diferença entre meninas e mulheres, fica a dica.

A Relação Cliente x Fornecedor

assedio-sexua

Muitas vezes, muitas mesmo os executivos das empresas formam sua equipe de vendas e atendimento com mulheres lindas, sensuais e que sabem usar seu charme para atrair negócios e são orientadas a usar todo seu encanto para trazer o contrato assinado. E nisso, quando o cliente é homem inevitavelmente todo esse charme e simpatia dada pela fornecedora é questionado com a pergunta que abre esse texto: Será que ela está me dando mole, ou está sendo simpática?

Conclusão: O que tem que ser levado em consideração nesse caso é que existe uma relação profissional, o compliance das grandes empresas são bem claros na relação para presentes recebidos, comissões (caixa 2) e contatos pessoais. Isso pode trazer um sério problema na sua carreira.

No networking

Você foi para a convenção anual de vendas e, do seu lado, chega aquela loira fantástica que você só viu até hoje na TV. Do nada, ela começa a falar sobre a vida dela e entrar levemente na sua intimidade, puxando um papo e dando aquelas famosas encostadas, sinal claro de um interesse maior. Você, todo meninão, pensa “poxa, achei que ia me dar mal por aqui, vou sair no lucro”. Show de bola? Não, companheiro, nada disso. Toda essa simpatia é normal pra ela, que é extrovertida e gosta de conhecer pessoas novas pra conversar.
Conclusão: Em um ambiente de contatos profissionais, manter a postura e conversa voltadas para o trabalho é fundamental. Se você vem com muita conversinha mole e marcando um jantar sem ao menos perguntar meu nome, eu vou morder a isca e te convidar para a sobremesa.
A nossa linha aqui não é criticar a mulherada, muito pelo contrário. O que nós queremos são mulheres independentes e decididas, que sabem o que querem e não perdem seu tempo em busca de joguinhos infantis no trato com os homens. Uma mulher determinada não deixa margem pra dúvida e toma a iniciativa sempre que quiser uma boa aventura, sem mimimi.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui